14.5.06

MEU PRESENTE DE DIA DAS MÃES

Minha mãe Carmem e o Natanael

vejam só que coisa linda de Dia das Mães , a moçada acordou ccedo e fizeram café pra mim com suco, pãozinho tudo bem gostoso pra começar bem o dia.
Mas o que mais me alegrou hoje foi esse bilhetinho que recebi do Natanael:

"Mãe você é bonita e linda. Eu gostei de você desde o dia que nos conhecemos na creche. Eu te amo mais doque o mundo inteiro, mais do que o universo.
Feliz Dia das Mães"
Nem preciso dizer o quento a gente se emociona com essas coisas né?! È corujisse postar no blog, mas também é uma forma de mostrar que sementes de amor rendem bons frutos, independe da idade em que são semeadas.
Muita gente está deixando de ter um dia das mães bem especial por se fixar em padrões e conceitos ultrapassados, por estar fixado num perfil idealizado. Deixando de ser feliz por não acreditar no potencial de amor armazenado nos meninos e meninas dos abrigos, nos meninos e meninas " velhinhos" e fora dos padrões de sonho.
FELIZ DIA DAS MÃES

3 comentários:

disse...

É, amiga, graças a Deus, nossa história pôde ser diferente e hoje nós comemoramos um dia mais do que especial ao lado das nossas "terríveis" crianças grandes!
Bom demais poder receber tanto carinho e tanto amor, né? Essas cartinhas são tudo de bom mesmo!
Tomara que no próximo ano muitas outras mulheres possam comemorar o Dia das Mães ao lado de crianças tão maravilhosas!

Yara disse...

Que coisa mais linda. O Natanael deve ser um menino especial mesmo. Tb tivemos um dia especial, mas acima de tudo fiquei feliz quando minha filha me disse que iria visitar minha mãe, sem eu pedir nem lembrar.
Eu não pude ver minha mãezinha neste dia, moro longe e minha filha fez isso por mim.
Beijos

Anônimo disse...

Acabei de conhecer este blog e estou encantada. Ou melhor, emocionada, porque já há algum tempo sei que serei mãe adotiva.
Não tenho filhos e sou divorciada. Sei que o fato de não ter um companheiro é algo sério a ser analisado. Mas meu coração se enche de amor quando imagino conhecer meu filho (a) e ser adotada como mãe por ele (a). E é este sentimento que me dá confiança e certeza que Deus tocou meu coração.