1.6.06

Depoimento adoção Jaque e bonequinha

Ola amigas do meu coração, não sei nem por onde começar, mas vou começar agradecendo pelo convite das minhas amigas Cá e Glaucia, pessoas muito queridas por mim. Para quem não me conhece sou a mãe da Kathleen(bonequinha), ela completou nossa familia a 7 meses, na epoca ela tinha 6 anos e meio, agora em maio completou os 7 anos. Quando preenchi o cadastro para adoção no forum, coloquei que queria uma criança de 0 a 3 anos, independente de sexo, branca ou parda, mas não sabia o que realmente Deus tinha preparado para nos.

Nisso eu já estava visitando alguns orfanatos porque amo colocar o carro na frente dos bois, traduzindo sou ansiosa demais, me vi mãe de varias crianças, nisso meu esposo falava com a assistente social e como sempre ela jogava um banho de agua fria, essa criança tem 5 irmãos, essa vai ser reintegrada a familia, etc, etc, etc...

Numa tarde chuvosa feriado de Tiradentes resolvi visitar um orfanato, chegando la as crianças mal deixaram eu entrar me falaram que 3 crianças tinham voltada para casa, num cantinho de uma sala tinha uma menina com cabelos enormes, muito pequena, parda, brincando sozinha, a moderadora do abrigo me disse:

essa menina chegou ontem, chorou um pouquinho mas ja se adaptou.

Sinceramente não senti absolutamente nada por ela, principalmente porque combinei comigo mesma de ficar com um coração de pedra, diante de tantas crianças vivendo na pior maneira possivel, se eu amolecer vou querer abrir um abrigo em casa, levo todas comigo.

Essa menina solitaria era a Kathleen, naquele dia mal falei um oi com ela, mesmo porque tinha que dar colo para umas 5 crianças por vez.

Vou ficando por aqui, depois conto mais para não ficar um post enorme.

Beijos nos corações e que Deus nos abençoe.

3 comentários:

disse...

Que bom tê-la aqui conosco, Jaque!

E pensar que eu acompanhei essa história...Ai, que delícia, saber que a Kathleen está com sua mamãe!

Que muitas Kathleens possam encontrar suas famílias!

Um beijinho especial para a bonequinha e um abraço carinhoso para você, amiga!

Valéria Leandro disse...

Vou querer saber o meio da história.
O início já me emocionou, o final sei que foi feliz, já que a gatinha está com a mamãe.
Quando saberei o meio?

Um abrçao
Valéria

Anne disse...

É Jacque...vc nos deixou curiosas agora para saber como foi este meio da história...rsrs...assim não vale!!!
Bom ao menos sabemos que o final é Feliz!!!
Abraços!!!